Busca de Alimentos


Atualizado em 10 de junho de 2017

Quando o assunto é sobrevivência saber como fazer a busca de alimentos na selva é fundamental. Porém, para quem pensa que essa é a prioridade número 1 está enganado. Antes de procurar por comida é essencial ter um abrigo seguro para se proteger do ataque de animais selvagens e das intempéries do tempo, ter fogo além de ter água. Essa é uma regra estipulada pelo código internacional de sobrevivência.

Conforme esse código o sobrevivente deve considerar a regra dos 3 que estabelece que uma pessoa pode ficar até 3 minutos sem ar, 3 dias sem água e 3 semanas sem comida. Sendo assim é necessário listar as prioridades pensando no que pode te manter vivo a longo prazo. Então os sobreviventes devem procurar nessa ordem: abrigo, fogo, água e por fim alimento.

Partindo para a Busca de Alimentos

Imagine que você está na selva e já possui um abrigo seguro, já conseguiu fazer fogo e encontrou uma fonte de água. Chegou então o momento de ir em busca de alimentos para se manter forte para enfrentar os desafios que a selva te reserva.

Opções de Alimentos

Busca de alimentos

Plantas

A opção que aparece como a mais viável para se alimentar na selva é a de coletar plantas. Porém, não podemos esquecer que estamos num ambiente hostil de selva em que até plantinhas aparentemente inofensivas podem representar risco.

Testando as Plantas

Para ter certeza de que uma planta é comestível você pode fazer alguns testes para identificar possíveis substâncias venenosas. O método mais comum para teste é o de pressionar uma parte da planta contra seu lábio e aguardar se ocorre alguma reação. Se passar pelo teste do lábio repita essa técnica pressionando o pedaço da planta contra a sua língua e aguarde 8 horas para observar se há alguma reação.

Ressaltamos que algumas plantas tem veneno apenas em determinadas partes. Sendo assim se você realizou o teste com as folhas e elas foram aprovadas deve se concentrar em comer apenas elas. O caule dessa mesma planta pode ter alguma substância venenosa. Sempre cozinhe as plantas, pois até as venenosas podem se tornar inofensivas quando cozidas. Se mesmo com esse teste você acabar ingerindo uma planta venenosa force o vômito assim que começar a se sentir mal.

Busca de alimentos
Coletando Frutas

Usar como critério “o que as aves comem eu também posso comer” é um grande erro. Os animais podem comer diversos alimentos que fazem muito mal para os seres humanos. Um exemplo disso são as frutas verdes que possuem látex que é capaz de matar uma pessoa por ser corrosivo e que para as aves é inofensivo. Os figos silvestres representam grande risco. Contudo, devemos dizer que apenas 20% de todas as frutas do planeta causam mal ao ser humano.

Coletando Bagas

Uma boa opção de alimentos são as bagas que é uma espécie de fruto carnudo. As cores das bagas podem servir de guias, as azuis e roxas não costumam ser venenosas. Já as brancas e amarelas devem ser evitadas, pois em quase todos os casos são venenosas. As vermelhas podem ou não ser venenosas então se recomenda não comê-las também.

Formigas

As proteínas são essenciais para manter o corpo funcionando adequadamente e uma alternativa encontrada em todo tipo de mata é formiga. Pode não ser saboroso, mas certamente ajudará a manter o seu corpo saciado. Com 100 gramas de formiga você terá em seu organismo o mesmo em carboidratos que obteria com 300 gramas de carne bovina.

Busca de alimentos

Ovos de Animais

De forma geral os ovos de animais não fazem mal e representam uma ótima fonte de proteínas. Verifique apenas se o ovo em questão não está estragado antes de consumi-lo. Outro ponto importante é não ingerir proteínas sem estar com o corpo hidratado, pois isso torna o processo de desidratação mais rápido.